top of page

vídeo Tupã histórico - 1959

No ano de 1959, três empreendedores tupãenses, Carlos Ferreira Damião, Sakae Ishida e Ronaldo Goy (radialista) produziram um vídeo/documentário mostrando a cidade de Tupã, que chegava aos 30 anos de fundação, com inúmeras conquistas e desafios.

Intitulado Tupã, cidade progresso da Alta Paulista, tem Roteiro de Carlos Ferreira Damião; Cinegrafistas Sakae Ishida e Carlos Ferreira Damião; Narração do radialista Ronaldo Goy.


Tupã Histórico 1959 – Parte 1

Apresenta Tupã como a metrópole do progresso. Aeroporto, linha férrea, distâncias até a capital, São Paulo; 432 km em linha reta, 604 por ferrovias, 569 por rodovia.


Mostra a estação rodoviária, ruas em terra batida em áreas centrais, calçamento em paralelepípedos, a chegada do asfalto.


Avenida Tabajaras, Avenida Tamoios sentido Rua Aimorés e o icônico relógio que existia no cruzamento das duas ruas. Carroças dividindo espaço com veículos e árvores que enfeitavam a Avenida Tamoios.


Um desfile pelas praças de Tupã, Praça 9 de Julho, Rui Barbosa, Praça da Bandeira, Dom Bosco. Imagens da estátua de Dom Bosco, inaugurada em 8 de Outubro de 1950.


Prédios religiosos: Igreja Shindoista, Templo Budista, haviam 18 igrejas denominadas protestantes e as inúmeras igrejas católicas – destaque para a Matriz de são Pedro.


Neste ano de 1959, Tupã tinha 6 mil prédios, entre imóveis residenciais e comerciais.


Finaliza com um passeio pela arquitetura das casas da época, grandiosas e ricas em detalhes.


Tupã Histórico 1959 – Parte 2

Mostra Associação Comercial e Industrial de Tupã (ACIT), fundada em 1946.


Em 1959 Tupã tinha mais de 600 estabelecimentos comerciais, com Delore, Jeep Willlis, Casa Malacarne, prédios residenciais e comerciais na Avenida Tamoios, além de 10 instituições bancárias.


No vídeo é feito uma crítica recorrente à época, aos serviços de fornecimento de energia elétrica, que segundo a narração, atrapalha o desenvolvimento do Parque Industrial de Tupã.


Tupã tinha laticínios, frigoríficos, usinas de beneficiamento, cooperativas, como a Camap.


Serviços de saúde oferecidos pelo Hospital São Francisco de Assis e Santa Casa.


Correio e telégrafo, companhia telefônica. Tupã contava em 1959 com 1500 telefones instalados.


Trabalho da imprensa, por meio da Rádio Clube de Tupã, com 1000 Watts de potência (Emissoras coligadas ZYH5) e uma antena de 48 metros, instalada em uma residência da emissora.


Utilização do aeroporto para receber autoridades. Edifício do Fórum, onde hoje funciona a Câmara Municipal de Tupã.


Imagens da Escola Índia Vanuíre, a época chamada de Instituto de Educação Índia Vanuíre. Escola Rural do Bairro Toledo. Grupo Escolar da Vila Abarca, na rua Brasil, onde hoje funciona a Escola Profissionalizante.


Imagens da Construção da estrada ligando Tupã a Pompéia, obra do Governador Carvalho Pinto.


Tupã Histórico 1959 – Parte 3

Imagens internas do Grupo escolar Bartira. Tupã tinha 13 mil crianças estudando no município.


Imagens dos colégios de formação técnica Buarque de Macedo e Arthur Fernandes. Imagens do Colégio Dom Bosco, novamente do Instituto Índia Vanuíre.


Imagens de alunas da Escola Normal Nossa Senhora Auxiliadora, mantido e administrado pelas Irmãs Salesianas.


Eventos no Estádio municipal Alonso Carvalho Braga, durante jogo entre Tupã FC x Corinthians de Presidente Prudente.


Tupã possuía um Centro de Pugilismo, para a prática do Box.


Construção da sede do Clube M. Imagens do Tupã Tênis Clube e a rivalidade sempre presente entre os dois clubes.


Apresentação Musical ao som da Orquestra Nelson de Castro, destaque para os músicos e casais dançando.


Fontes:

- Vídeos disponíveis na Internet, em vários sites e canais- Os vídeo aqui postados tiveram melhoria no áudio e imagens, mantendo a estrutura original de quando foi produzido, em 1959, por Carlos Ferreira Damião, Sakae Ishida e Ronaldo Goy.

33 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

コメント


bottom of page